09 fevereiro, 2011

"Sangue do meu sangue" - Michael Cunningham

Li este livro em 2001. Para mim continua a ser o melhor de Michael Cunningham.

Michael Cunningham, numa voz de grande força emocional e sensibilidade, encanta-nos com esta história épica de três gerações de uma família americana, das ambições, violências, desilusões, das barreiras emocionais e sexuais, dos amores que marcam vidas.
Fantástico, duro, inesquecível, genial, fabuloso!
Este é um daqueles livros que não se esquecem.

Sangue do meu sangue, de Michael Cunningham
Gradiva, 2000
Tradução de Rui Pires Cabral
423 págs.

Sem comentários:

Enviar um comentário