02 março, 2018

"Se a vida te der limões... faz limonada!"


Depois do “chocolate quente”, para aquecer nos dias frios de inverno, compartilho agora a receita de uma bebida  refrescante e depurativa, para os dias quentes de verão: limonada!
Não comece já a espremer um limão. Não, não! Para esta receita vai precisar de muitos limões, apanhados do seu limoeiro (que sorte!) ou comprados no mercado da esquina. Ah, e também...  de muito açúcar. Calma, não desista já, a receita é um "concentrado de limão" e com ele vai depois poder preparar, rapidamente, não uma mas MUITAS limonadas.
A receita é da mãe da minha amiga Cristina.  Eu já a testei e já a dei a quem a experimentou e gostou, e já a divulguei num outro lugar (aguarde que eu já digo qual é). Por saber que é excelente, fácil de preparar e económica, compartilho-a com todos vós.
(Agora sim, vejo um "sorriso bronzeado" às amigas (os) que vivem… num país tropical!)

Concentrado de limão
Ingredientes:
. 1 litro de sumo limão
. 1 kg açúcar
Preparação:
Numa panela deite o sumo de limão e o açúcar e mexa até este se dissolver.
Junte depois as cascas dos limões e leve ao lume, evitando mexer para não fazer muita espuma.
Deixe ferver por 5/6 minutos. Retire do lume, limpe de toda a espuma e deite fora as cascas.
Depois do concentrado arrefecer deite-o em frascos ou garrafas, feche e guarde num lugar fresco e escuro. Dura meses, sem perder qualidades.
Para preparar "a sua"limonada,  deite num copo água, gelo e... uma colher (sopa) do concentrado. Se gostar, perfume com hortelã.
Feito!

Agora, vamos ao outro lugar onde divulguei esta receita: a minha "Cozinha de Afectos".
Iniciei o blogue em 2010 e nele fui postando, com grande entusiasmo, doces e salgados que preparava na cozinha cá de casa. Na altura éramos três a comer (testar): eu, o marido Carlos e a filha Susana , (o filho Miguel já vivia no Porto). Logo depois, a filha foi viver para Inglaterra e passámos a ser apenas dois à mesa. Dois decididos a seguir uma alimentação mais saudável: muito peixe-pouca carne; muita fruta-poucos doces. Aí, passei a ter pouco "material" para o blogue e pouquíssimo entusiasmo.  Em Novembro de 2015,  parei!
Entretanto, os anos passaram e algumas coisas mudaram: continuamos a comer saudável mas... um dia ou outro esquecemos as regras, e sempre que somos mais à mesa, chegamos a ignorá-las...
Como compreenderão continuei a cozinhar e, por graça, de vez em quando a fotografar os cozinhados.  Lamentavelmente  o entusiasmo não era o suficiente para voltar a postar.
Esta semana, deu-se o clique e decidi voltar. E com um doce, o meu preferido: Arroz doce. 
Passe pela  minha "Cozinha de Afectos". Deixe sugestões, criticas (construtivas), elogios (sabem sempre bem), receitas (porque não?), ou deixe apenas um sinal de que por lá passou.
Eu vou gostar. Muito!

20 comentários:


  1. Mas que grandes novidades aqui nos trazes, querida Teresa.

    Para já, o concentrado de limão. Oferecem-me sempre muitos limões e, por vezes, não sei o que fazer com eles para além de também os oferecer à família. Esta receita é uma grande solução. Teremos sempre limonada em qualquer época.

    A outra novidade é o teu blogue de culinária. Vou já fazer-te uma visitinha e fazer-me seguidora.

    Muito obrigada.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olinda faz este concentrado e terás sempre à mão uma refrescante limonada.
      Espero-te na minha cozinha.
      Beijo.

      Eliminar
  2. Um limonada é muito refrescante e sabe sempre muito bem quando está calor.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Francisco!
      "Andarilhar"?, "Dedais de Francisco e Idalisa"?, hum! vou espreitar.
      Abraço e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  3. Teresa agradou-me a sugestão do concentrado pois os limoeiros estão carregadinhos!!!
    Realmente a alimentação tem variado e pra melhor mas para mim o defeito é que cozinhar o dito saudável ou fazer dieta não é propriamente acessível à maioria dos portugueses!
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sortuda!!! Faz o concentrado e guarda para a primavera e verão.
      Quanto à alimentação saudável, nada melhor do que a "dieta mediterrânica". Está lá tudo o que nos faz bem.
      Beijo e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  4. Ótima postagem, Teresa! Nunca me passou pela cabeça uma limonada preparada assim! E que dure meses! Gostei muito dessa postagem junto de um convite muito simpático, ao final. Já fui na 'Cozinha' e adorei aquele arroz-doce!
    Bjs!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida amiga!
      Espero-te na minha cozinha para um chá quentinho e um bate-papo gostoso.
      Beijo.

      Eliminar
  5. Querida amiga, gosto mais quando falas de livros, pois adoro ler e não gosto de cozinhar; não gosto, mas cozinho todos os dias e, segundo dizem, muito bem. A minha mãe obrigou-me a aprender, mas continuo a preferir qualquer outro trabalho doméstico à cozinha. Isto não quer dizer que não vå conhecer os teus petiscos, claro que vou, mesmo que seja só para os comparar com os meus ( nāo gosto, mas também os tenho...) . Espero que saibas que estou a brincar.... Também, como tu, agora somos só dois em casa e por isso as refeições são mais
    práticas e leves e há dias em que vou almoçar aqui ao pé de casa, pois cozinhar para dois nem compensa, n é verdade? Teresa, gostei desta receita e, prometo, irei visitar o teu novo blog. Beijinho s
    Emilia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Emília, também eu prefiro ler a cozinhar mas lá vou gerindo o gosto (o tempo é mais complicado) pelas duas coisas.
      Aprendi a cozinhar quando regressei a Portugal, em 1975. Até lá a mamã cozinhava e eu comia. Aprendi lendo a Tele-culinária e com a ajuda de uma empregada que duas vezes por semana ocupava mais tempo comigo na cozinha e a brincar com o meu filho recém-nascido do que a limpar. No sal eu não acertava e ela deixa-me montinhos de sal para eu deitar naquele tacho e naquela panela. Foi a minha primeira amiga, em Portugal. Histórias!
      Emília, vou gostar de te receber na minha cozinha. Afectos não vão faltar. Nem histórias!
      Beijo e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Também eu, Diana, também eu!
      Beijo.

      Eliminar
  7. Olá, querida Teresa!

    Gosto do sabor das tuas palavras, da concentração dos teus afetos, que por aqui andam e que, tão voluntariamente, nos ofereces e até ensinas. Gosto, gosto da tua maneira de ser e de ver os outros, o mundo e como não és concentrada, és transparente, fica-se logo a saber quase tudo de ti, dos teus gostos e cliques ou cliques.
    A propósito de concentrados, tu lembras-te de um anúncio televisivo a um produto chamado Sunquick? Era bom, mas agora nunca mais o vi nos supermercados. Evidente que agora há outras marcas.

    Vou até à tua cozinha. Até já!

    Agradeço a tua visita e votos, qto à cirurgia da minha esquerda. Estou confiante e serena.

    Beijinhos e até breve!

    Bem fácil esta receita, agradável e depurativa, Ó querida, mas o verão está ainda longe. Já pensaste. Eu bebo água morna com umas gotinhas de limão, em jejum, tous les jours.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Céu!
      És um espanto, rapariga!
      Caro que me lembro do Sunquick- eu odiava, os meus filhos adoravam. Sumos, eu, só naturais, mas prefiro comer a fruta. Como alguém disse: as árvores não dão sumos.
      Também eu bebo "há séculos" água morna com gotas de limão, logo de manhã. (E como 2 nozes, 2 ameixas e 2 alperces secos, com leite e aveia, logo depois. Lá me mostrei um pouco mais... bolas, não consigo evitar!)
      Fica bem. Beijo.
      Espero-te na minha cozinha para uma "chá de...afectos". Gostas?

      Eliminar
  8. Olá Teresa,
    Passo de fugida (hei de voltar para levar esta receita que me parece excelente) só para dizer que podes levar a tal fotografia (ou outra qualquer) para as "Pétalas de sabedoria". :)
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Luisa!
      Beijo e boa semana.

      Eliminar
  9. Sumo de limão, com mel e gengibre.
    Se bebo muita limonada, por estes dias, com a garganta toda lixda, tem sido sumo de limão, mel e gengibre.
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em situações de constipação ou gripe, nada disso resulta comigo.
      Depois de muitos experimentar, MUCOSOLVAN (xarope receitado pelo meu médico) fez milagres.
      As melhoras, amigo Pedro, e boa semana.

      Eliminar
  10. Gosto de limonada.
    E esta receita parece-me muito boa.
    Boa semana, amiga Teresa.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Gosto de sumo de limão natural...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar