14 fevereiro, 2018

Namorar é andar de mãos dadas...

"Não quero que fiquem com a ideia de que ela era alguma pedra de gelo ou coisa assim, lá porque nunca fizemos amor nem estivemos na marmelada. Não era. Passava o tempo de mãos dadas com ela, por exemplo. Não parece grande coisa, bem sei, mas é que ela era bestial a andar de mãos dadas. A maior parte das miúdas se lhes damos os mãos, a merda das mãos delas ou «morre» na nossa mão ou então acham que têm de estar sempre a «mexer» a mão ou coisa assim. A Jane era diferente. Íamos à merda de um filme ou assim, e dávamos logo as mãos e não largávamos até o filme acabar. E sem mudar de posição e sem fazer disso uma grande coisa. Com a Jane, nem sequer me chateava a pensar se tinha as mãos suadas ou não. A única coisa que sabia é que era feliz. E era mesmo."


Excerto do extraordinário romance "À espera no centeio", de J.D. Salinger, que terminei de ler e oportunamente postarei no "roldeleituras."
O narrador é Holden Caulfield, um adolescente de dezassete anos.

NAMOREM MUITO!
Hoje e todos os dias.

Foto da net.

6 comentários:

  1. Gostei da escolha!
    E concordo que namorar é todos os dias!!!
    bj

    ResponderEliminar
  2. Agora fui eu a chegar aqui.
    Para ficar, obviamente.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo Pedro!
      É um gosto vê-lo (tê-lo) aqui.
      Abraço.

      Eliminar
  3. Olá, Teresa

    E é mesmo! E nota-se aquela cumplicidade que traz felicidade. Um belo trecho a assinalar o Dia dos Namorados. Cheguei atrasada mas como diz o poeta: "Natal é quando um homem quiser", então, parafraseando: Dia dos Namorados é quando duas pessoas quiserem. :)))

    Querida Teresa, muito obrigada pela tua companhia na maratona da minha "Quinzena do Amor". Cá estaremos para o ano se Deus quiser.

    Beijinhos.

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Olinda, foi um gosto "correr" contigo tão magnífica maratona. Para o ano, se Deus quiser, voltaremos a «dar uso aos ténis». Combinado!
      Beijo.

      Eliminar
  4. Bonita essa matéria, Teresa! Aqui o Dia dos Namorados é 12 de Julho! No frio, também. Claro que namorar é todos os dias, e de mãos dadas!
    Beijinho.

    ResponderEliminar