07 julho, 2017

A liberdade é a possibilidade do isolamento...


A liberdade é a possibilidade do isolamento. És livre se podes afastar-te dos homens, sem que te obrigue a procurá-los a necessidade do dinheiro, ou a necessidade gregária, ou o amor, ou a glória, ou a curiosidade, que no silêncio e na solidão não podem ter alimento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo. Podes ter todas as grandezas do espírito, todas da alma: és um escravo nobre, um servo inteligente: não és livre. E não está contigo a tragédia, porque a tragédia de nasceres assim não é contigo, mas do Destino para si somente.
Ai de ti, porém, se a opressão da vida, ela própria, te força a seres escravo. Ai de ti, se, tendo nascido liberto, capaz de te bastares e de te separares, a penúria te força a conviveres. Essa, sim, é a tua tragédia, e a que trazes contigo.
Nascer liberto é a maior grandeza do homem, o que o faz ermitão humilde superior aos reis, e aos deuses mesmo, que se bastam pela força, mas não pelo desprezo dela."

Fernando Pessoa, poeta português (1888-1935), in “Livro do desassossego”, Ed. Tinta da China, 2014
Foto da net.

4 comentários:

  1. Refletir consigo ... é bem salutar!
    Bj

    ResponderEliminar
  2. Querida, Teresa Dias !
    Muito agradecido pela honra que me propiciaste, ao te ver no rol dos meus seguidores.
    Ah, Fernando Pessoa, abandonaste Portugal, para voar nas asas da literatura mundial...
    Que belo texto, Teresa, compartilhaste com os teus leitores. Parabéns.
    Um carinhoso abraço, aqui do Brasil !
    Sinval.

    ResponderEliminar
  3. Pois é... to pensando nisso. Acho difícil não sermos escravos de alguma coisa! Liberdade total, mesmo numa montanha, a sós, seremos escravos de nossas angústias, da solidão, de pensamentos... somos seres que precisam uns dos outros para viver, e no conjunto, também seremos escravos das influências, das críticas, das dúvidas, de insatisfações. Somos muito complicados!
    Penso que podemos nos libertar de muitas coisas, mas não de tudo. Ai de mim...
    Beijo, querida amiga!

    ResponderEliminar
  4. Me ha encantado tu blog.
    Te paso el mio si deseas visitarlo.
    Gracias.
    http://anna-historias.blogspot.com.es/?m=1

    ResponderEliminar