13 maio, 2016

"Arrume a sua casa - Arrume a sua vida" - Marie Kondo


Colocar a casa em ordem é a magia que cria uma vida vibrante e feliz
Dobrar, engavetar ou pendurar roupa é difícil, mas eu safo-me. Mais dobra, menos dobra, e já está!
Ordenar livros e papéis é difícil, mas eu safo-me. Tira daqui, põe ali. Tira dali, põe aqui. Está feito!
Encontrar o lugar certo para “resmas” de objectos decorativos é extenuante, mas eu safo-me. Mudo da sala para a salinha, da salinha para o quarto… “et voilá”!
Arrumar artigos de maquilhagem é complicado, mas eu safo-me. Em caixinhas, cestos, frascos e gavetas “escondo” toneladas de cremes, máscaras, lápis, sombras, blushes, batons, etc.. Escondido fica também o prazo de validade de muitos artigos. Mal!
Guardar sapatos é complicadíssimo, portanto, sobre sapatos nada digo…
Sou ou não sou uma pessoa organizada? Segundo o método de Marie Kondo, a japonesa especialista em arrumações: NÃO!
Eu, que julgava saber tudo sobre dobrar roupa, ordenar livros e papéis, arrumar coisas e mais coisas...enganei-me! E corei de vergonha. 
Bem, o meu problema não é arrumar, o meu problema é o apego excessivo pelas coisas. Todas!
Mas agora isso vai mudar. Este livrinho “arrumadinho”, inspirador e encantador ensina a “deitar fora” tudo o que está a mais na nossa vida. TUDO! E eu, vou seguir rigorosamente o método KonMari e organizar a minha casa, para iluminar a minha vida.
Será possível?! Marie Kondo diz que sim, que é esse o poder mágico da arrumação.

Ufa! Ler este livro cansou-me mas aprendi muito. Particularmente, a deitar fora o que não me faz feliz. Não é fácil, mas é gratificante. A minha casa tem agora MENOS tralha acumulada, MAIS espaço, MAIS luz.
Por MAIS brilho na minha vida…aguardo pacientemente!
Para já, estou programada: deitar fora /arrumar; deitar fora /arrumar…
Arrumar traz resultado visíveis. Arrumar nunca mente. 
Arrumar a casa é divertido!
Hum! Hum!

Arrume a sua casa – Arrume a sua vida, de Marie Kondo
Tradução de Ana Lourenço
Ed. Pergaminho, 2015
157 págs.

2 comentários:

  1. Eu já acho arrumar tão chato, ia lá agora ler um livro sobre isso! Quanto a deitar fora sou um ás e não preciso leituras. Pôr tudo a zeros é a minha especialidade. O que me faz infeliz, sendo objecto e meu, lixo com ele. Mas nunca fui infeliz com os objectos, a dizer verdade eles contribuem grandemente para o meu bem estar. Deve ser por isso que não os atiro fora:) E como não posso atirar as pessoas e nem as situações, olha, fico com tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Amei" o teu comentário.
      A sério!

      Eliminar