01 setembro, 2013

Voltei!

Que saudades eu já tinha deste meu cantinho.
Agora que voltei, começo por fazer uma declaração: cumpri os objectivos a que me propus no início de Agosto e li todos os livros. Uau!
Comecei com “Pensageiro frequente”, de Mia Couto, o mais pequenino deles todos, uma compilação de textos sobre o meu país do coração, Moçambique: encantador.
Passei ao Cormac McCarthy, “A Travessia”, um pouco a medo da excessiva pormenorização e violência, uma marca do autor, mas, enganei-me: brilhante.
Depois, aos “Contos”, de Virginia Woolf, e descobri uma enorme escritora: puro encantamento.
Revirei, em “Todos os nomes”, de José Saramago, um arquivo de verbetes bem ordenados: extraordinário.
Terminei com “Em parte incerta” de Gillian Flynn, um triller bem esgalhado: empolgante.
 
O que fiz mais?
Peguei em romances que já li e procurei os “primeiros parágrafos” mais surpreendentes, (para mim, claro!), aqueles que, em muito casos, ditaram a leitura do livro.
Foi uma tarefa simplesmente deliciosa.
 
E quanto a novas leituras?
Comecei “Os moedeiros falsos”, de André Gide, um romance sobre a crise de valores da burguesia intelectual parisiense dos anos 20.
E que mais?
Depois se verá.
Para já, é bom estar de volta.
Boas leituras para todos.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito obrigada.
      Como dizia o outro - "Vou andar por aí" e espreitarei o seu mar.
      Bjs.

      Eliminar