18 setembro, 2012

E fiz sessenta... na Jamaica. Viva!















 
 
Foi mesmo isso que aconteceu - festejei o meu 60º aniversário na Jamaica, na companhia do maridão.
Foi fa-bu-lo-so!
Durante uma semana empanturrei-me de frutas, saladas e limonadas (fugi a sete pés do rum e do frango grelhado); banhos demorados em água cristalina e quentinha (e parada, como eu gosto); sonecas à sombra fresca das palmeiras (até o vento das tardes me inebriava); aulas de ginástica e dança (queria tanto saber dançar reggae, mas fiquei pelo querer); caminhadas pachorrentas à beira-mar (de dia para dia mais curtas); muita (e boa)leitura.
Acreditem que foi na Jamaica que li, um dos melhores livros da minha vida. A sério.
Trata-se de "Até ao fim da terra", o extraordinário romance de David Grossman. Falarei sobre ele, em breve.
Nas muitas horas da viagem (o pânico não me deixa dormir) li na ída "A visita do brutamontes", de Jenniger Egan e no regresso "A ilha de Sukkwan", de David Vann. Gostei, mas...
 
Pois é, estou velhota!
A partir de agora, vou seguir o conselho de Bob Marley: MAKE LOVE NOT WAR e viver o melhor que puder e souber, nunca esquecendo que 60 são, apenas, dois algarismos.
Viva a Vida!

5 comentários:

  1. Parabéns (atrasados...) e muitas felicidades, sem duvida um excelente sito p se comemorar um aniversário tão importante

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Então... Parabéns e Muitas Felicidades!

    ResponderEliminar
  3. Teresa

    Apesar de não a conhecer pessoalmente considero um privilégio tê-la encontrado neste mundo virtual.
    Parabéns atrasados.
    Um abraço
    MariaJB

    ResponderEliminar
  4. Obrigada a todos e um beijo.
    Para ti, Maria, um abraço muito especial. És linda!

    ResponderEliminar
  5. Meus parabéns..
    que emocionante deve ter sido festejar o aniversário dum país exótico.

    Falou do romance de David Grossman. Fico a aguardar a sua opiniao sobre ele e também sobre O Brutamontes, que já li críticas muito boas.

    ResponderEliminar